AVSI COMUNICA /

JOVENS ESTÃO CADA VEZ MAIS PERTO DO MERCADO DE TRABALHO

Aprendizes Odebrecht iniciarão 400 horas práticas no canteiro de obras
Publicada em 05/12/2014
Jovens aprendizes durante aula teórica Ao fundo, uma das casas construídas pelos jovens aprendizes durante a aula prática

 

Os jovens integrantes do Projeto Jovem Aprendiz Odebrecht estão ansiosos para colocar em prática tudo o que aprenderam nos últimos cinco meses de qualificação. Os estudantes do curso profissionalizante de Pedreiro de Edificações, do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), já se preparam para começar o ano de 2015 colocando a mão na massa. A turma está terminando o ciclo de 400 horas de qualificação teórica e iniciará um ciclo de outras 400 horas práticas que acontecerão no canteiro de obras da própria empresa.

 

O aprendiz Daniel Dionísio, de 22 anos, acredita que está preparado para o desafio. “A expectativa de ir para a obra é muito boa, estou bem tranquilo. Eu me sinto preparado fisicamente e psicologicamente”, afirma confiante.

 

Já seu amigo de turma, Gevson Souza, de 20 anos, está curioso diante da nova experiência. “Não sei o que esperar. Porque aqui a gente sobe paredes pequenas, né? Lá na obra a gente não sabe”, reflete Gevson. De fato, todas as incertezas fazem parte de uma realidade para os jovens que estão começando a se inserir no mercado de trabalho.

 

O professor Claudio Lima conhece esse sentimento e tenta motivar seus alunos por meio do exemplo. “Costumo trabalhar muitos exemplos com eles, trajetórias de sucesso. Os alunos precisam entender que têm condições de alcançar outros patamares e que são responsáveis pelo próprio sucesso. Já vi muitas histórias de sucesso. É possível sim”, incentivou o educador.

 

Detalhes do curso

 

Durante as aulas, os aprendizes são qualificados em Qualidade, Segurança, Meio Ambiente e Saúde (QSMS), Construção Civil, Pedreiro de Edificações, Revestimento e Hidráulica. As aulas ocorrem na unidade de Jaboatão e reúnem jovens dos municípios de Jaboatão dos Guararapes, Cabo de Santo Agostinho e do Recife, em Pernambuco.

 

Todos os participantes do Projeto Jovem Aprendiz Odebrecht recebem da AVSI Brasil um acompanhamento sistemático para tratar do desenvolvimento pessoal de cada um, envolvendo questões comportamentais e de postura no mercado de trabalho. As empresas envolvidas têm observado resultados significantes. “Depois de cursar a prática supervisionada, os alunos são avaliados em relação à pontualidade, frequência, e comportamento e algumas dessas empresas determinam por ficar com esses meninos e absorvê-los”, afirmou Rosicléia Castro, Analista em Educação Profissional do SENAI, de Jaboatão.

 

O Projeto Jovem Aprendiz Odebrecht, realizado em parceria entre a Odebrecht e a AVSI Brasil, busca qualificar junto ao SENAI jovens para inseri-los no mercado de trabalho por meio da Lei Nº 11.788/08. A Lei determina que as empresas empreguem de 5% a 15% em seu quadro de funcionários jovens entre 14 e 24 anos por meio da categoria de aprendizagem.



Links relacionados

Compartilhe
Imprimir ou enviar por e-mail

Mais Notícias

 






Sede: Salvador - Bahia - Brasil / 71 3555-3355 / salvador@avsi.org - Filiais e escritórios: Ceará, Goiás, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e Roraima.