AVSI COMUNICA / Notícias

EXPERIÊNCIA COM JOVENS É APRESENTADA NA UNIVERSIDADE

Professor conta como conseguiu superar dificuldades e criar uma forte cultura de classe
Publicada em 09/11/2017
O professor de Help desk Cássio Leal apresentou sua trajetória pessoal e profissional no projeto

 

A experiência do Semente de Ciência chegou a um novo ambiente: a universidade. No III Workshop de Pesquisa e Extensão da Universidade Federal da Bahia, em Salvador, o professor de Help desk Cássio Leal apresentou sua trajetória pessoal e profissional no projeto, relacionando com o tema principal do evento, a Onda Digital: Tecnologia, Inclusão e Diversidade.

 

Estudantes, professores e profissionais de computação, pedagogia, comunicação e áreas similares compareceram ao encontro e participaram de palestras, seminários e mesas redondas relacionadas à tecnologia e inclusão social.

 

Na palestra, o professor Cássio contou como consegue ensinar o conteúdo de maneira eficiente e relatou algumas dificuldades vividas em uma sala de aula com 35 alunos e apenas dez computadores. De maneira intimista e descontraída, ele explicou como conseguiu montar estratégias para criar uma forte cultura de classe, mesmo com os obstáculos apresentados.

 

Experiências pessoais, como o medo vivenciado pelo professor em relação a como se portar com os alunos, a dúvida sobre estabelecer um vínculo de amizade com eles, o receio de passar vergonha ou de não ser capaz de conquistar o respeito desses jovens, deram ainda mais vida à palestra do profissional de informática. Acrescentou, ainda nesse assunto, como conseguiu equilibrar um ambiente formal e informal na sala de aula, como foi capaz de se aproximar dos alunos de uma maneira respeitosa por ambas as partes e como é gratificante ver as mudanças que fez e faz na vida desses jovens.

 

O trabalho realizado no Semente e o impacto do projeto no crescimento profissional e pessoal dos beneficiários foi apresentado como uma evidência do modo em que a tecnologia está diretamente ligada com a inclusão social. “Visando um percurso educativo mais completo, o professor recebe apoio do projeto para promover novas situações de aprendizagens, como a participação em concursos, visitas técnicas a ambientes com propostas tecnológicas e culturais, e também prestação de serviços para moradores da comunidade. Os resultados aparecem com demonstrações de autoconfiança, ambição profissional e interesse reforçado em concluir o ensino médio para ingressar em um curso superior”, destacou Cássio.

 

O Projeto Semente de Ciência atua promovendo um processo de desenvolvimento social, oportunizando a qualificação profissional para jovens, residentes em comunidades caracterizadas pela vulnerabilidade social na cidade de Salvador, com idade de 15 a 24 anos. A iniciativa conta com o Governo do Estado da Bahia, por meio da SJDHDS, como parceiro financiador.



Links relacionados


Compartilhe
Imprimir ou enviar por e-mail
Mais Notícias

 






Sede: Salvador - Bahia - Brasil / 71 3555-3355 / salvador@avsi.org - Filiais: Pernambuco, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte