Anuncio

Adolescente reencontra mãe no Brasil e celebra virada do ano ao lado dela

O menino de 17 anos, que já estava há quase 2 anos longe de sua mãe, veio da Venezuela para o Brasil reencontrá-la

A virada do ano de 2021 para 2022 foi um momento especial para Ana Alicia, que reside atualmente em Brasília. Nos últimos dias do ano, seu filho de 17 anos, saiu de Pacaraima (Roraima), em direção à capital do Brasil para ser reunificado com ela.

Quatro meses antes do reencontro, o adolescente saiu sozinho da Ciudad Bolívar, na Venezuela, pegando carona, com a intenção de chegar ao país e buscar formas para reencontrar a sua mãe. Em função da crise política e econômica enfrentada pelo seu país de origem, ele e sua família estavam passando por dificuldades financeiras e o menino não tinha muitas perspectivas de mudança de vida.

Após sair da Ciudad Bolívar, o adolescente morou na cidade de Santa Helena de Uairén e, em meados de novembro, atravessou a fronteira da Venezuela com o Brasil, chegando em Pacaraima. No final do mesmo mês, ele procurou a equipe da AVSI Brasil, que trabalha como parceiro implementador do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), e por meio deste contato, as equipes puderam localizar sua mãe e apoiar todo o processo de reunificação familiar do adolescente, proporcionando um início de ano novo mais próspero para ambos.

“Estou muito emocionado e um pouco assustado, porque essa vai ser a minha primeira vez dentro de um avião, mas estou ansioso para ver a minha mãe. Fazem quase dois anos que não a vejo. Quando chegar, quero abraçá-la e chorar, porque sentia muita a falta dela. Ela também está muito feliz me esperando”, destacou o adolescente.

Quando perguntado sobre o que espera dessa nova etapa, ele não hesitou em falar que deseja continuar estudando para trabalhar futuramente. Além disso, agradeceu todo o apoio da AVSI BRASIL e do UNICEF: “Agradeço muito por todo apoio, pelo lanche e por me levarem de volta para a minha mãe”, finalizou o adolescente.

A AVSI Brasil atua na implementação de uma iniciativa do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) para garantir a proteção integral de crianças e adolescentes separados e desacompanhados e indocumentados (UASC, na sigla em inglês), em articulação com a rede de proteção e acolhimento do município e do estado de Roraima. A metodologia consiste na identificação de familiares de crianças e adolescentes desacompanhados, na tentativa de realizar o processo de reunificação familiar. Isso acontece quando é possível encontrar um membro da família no país que possa acolher e assumir a guarda dessa criança ou desse adolescente no Brasil.

Crise na Venezuela

A Venezuela enfrenta uma crise política, econômica e social, que foi reconhecida pela comunidade internacional como crise humanitária. Desde 2018, milhares de pessoas passaram pela fronteira da Venezuela com o Brasil em busca de abrigo e outras necessidades básicas, especialmente nas cidades de Boa Vista e Pacaraima.

CARD VAZIO