Anuncio

Projeto Jornada Jovem

BA
Em Andamento

A falta de qualificação técnica e comportamental e a baixa experiência e vivências no mundo do trabalho contribui para a baixa empregabilidade dos moradores nas empresas da Região Metropolitana de Salvador, sobretudo dos mais jovens..

A experiência da AVSI Brasil como entidade certificadora do Programa de Aprendizagem, e também em outras iniciativas com a Fundação banco do Brasil, como os projetos Conexão-Jovem e Árvore da Vida, reforçam a experiência da Acelen, sobre a dificuldade de inserção de jovens em condição de vulnerabilidade social no mercado de trabalho, ainda que existam políticas públicas para esta finalidade.

Parte desses jovens não consegue se efetivar em contratos seja pela falta de vagas, seja pela existência de lacunas em sua formação educacional e comportamental que os fazem ser preteridos nas seleções das quais participam.

A falta de experiência profissional é outro fator que impacta no desafio de inserção dos jovens no mundo do trabalho, pois muitas empresas exigem experiência para contratação, o que o jovem não consegue oferecer, uma vez que não pôde desenvolvê-la ainda.

Dessa forma, entende-se que uma atuação que combine o incentivo à abertura de vagas nas empresas, incluindo a própria Acelen, com uma pré-qualificação dos jovens interessados, pode contribuir para a inserção desses jovens no mundo do trabalho/aprendizagem/empreendedorismo.

A importância da iniciação profissional desses jovens, seja com a participação em programa de Aprendizagem Profissional, seja na sua inserção no mundo do trabalho, vai além da questão educacional e de preparação profissional. Em se tratando de jovens em condições de vulnerabilidade social e econômica, na maioria dos casos, a renda obtida é um componente fundamental, contribuindo para a qualidade de vida de suas famílias.

O objetivo do projeto é contribuir para aumentar o número de jovens com habilidades relevantes para emprego, trabalho e empreendedorismo. Além de apoiar a inserção de jovens no mercado de trabalho.

O público-alvo do projeto são jovens de 15 a 29 anos, em situações de vulnerabilidade social, residentes na região de Candeias, Madre de Deus, São Francisco do Conde e ilhas (Ilha de Maré, Ilha dos Frades e Ilha de Bom Jesus).

 

Ações previstas:

O projeto será realizado no total de 24 meses, contemplando dois eixos principais de atuação, com base em temas identificados como prioritários para a região de atuação da Acelen, de acordo com sua Matriz de Materialidade:

  1. Formação de Lideranças para fortalecimento das Organizações da Sociedade Civil;
  2. Formação de jovens e apoio à inserção no mundo do trabalho. A operacionalização se dará de forma concomitante, ambos sendo realizados no Centro de Referência para Formação Profissional, instalado no município de Candeias.

Resultados esperados:

  • Capacitar no mínimo 160 jovens de 15 a 29 anos em habilidades relevantes para emprego;
  • Garantir índice de satisfação mínimo de 7 pontos (NPS) relativo às ações de capacitação;
  • Garantir índice de satisfação mínimo de 7 pontos (NPS) relativo às ações de capacitação e inserir no mundo do trabalho, pelo menos, 50% dos jovens atendidos.

Resultados alcançados 2023

  • Capacitação de 97 jovens de 15 a 29 anos em habilidades relevantes para emprego;
  • Índice de satisfação de 9 pontos (NPS) relativo às ações de capacitação;
  • Índice de satisfação de 9 pontos (NPS) relativo às ações de capacitação e inserção no mundo do trabalho, de 15% dos 100 jovens atendidos.