AVSI COMUNICA / Notícias

MáS ALLá DE LAS FRONTERAS REALIZA MISSãO E FORMAçãO SOBRE MéTODO APAC NO CHILE

Representantes da FBAC se reuniram com figuras importantes do país para discutir a aplicação da metodologia apaqueana
Publicada em 17/02/2020

 

Representantes da Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenados (FBAC), Keila Mendes, Marcelo Moutinho e Denio Marques, realizaram, através do projeto Más Allá de las Fronteras (Além das Fronteiras Brasileiras), uma missão de assessoria a APAC de referência no Centro Penitenciário Feminino (CPF) de Santiago, no Chile.

 

A missão aconteceu no final de janeiro e teve o primeiro dia marcado pelo encontro institucional com Luis Mussiett, capelão nacional e presidente da Confraternidade Carcerária do Chile, onde debateram a realidade carcerária chilena e o andamento da proposta de um convênio com a Gendarmeria do Chile, formulada através da Capelania Nacional, para a garantia de apoio jurídico e institucional para o funcionamento e mantimento dos espaços das APACs dentro das prisões chilenas. Os representantes da FBAC também se reuniram com a capelã e diretora da APAC feminina do CPF, Maria Luz.

 

Uma formação sobre a metodologia apaqueana também foi realizada com cerca de 50 recuperandas, durante 4 dias. A atividade permitiu o aprofundamento do assunto, abordando seus 12 elementos principais, além de oferecer um debate sobre a aplicabilidade do método diante da realidade carcerária do Chile

 

Segundo Denio Marques “a missão foi de êxito, fortalecendo ainda mais a aplicação da metodologia APAC, e se esperando uma melhoria na disciplina, na convivência, na harmonia entre as recuperandas e com mais tranquilidade para o exercício de trabalho da capelã e sua equipe de voluntárias”.

 

 

Más Allá de Las Fronteras

 

A iniciativa, financiada pela União Europeia, surge com o objetivo de reforçar a atuação das APACs em nível internacional. Especificamente, contribui para a criação, consolidação e fortalecimento de uma rede de organizações da sociedade civil na América Latina de cooperação internacional na promoção dos direitos humanos da população carcerária e no combate a atos de tortura, maus tratos, penas cruéis, desumanas e degradantes, a partir da experiência metodológica das APACs.

 

 

Sobre as APACs

 

As APACs são Organizações da Sociedade Civil que têm como objetivo a humanização das penas privativas de liberdade e a promoção dos direitos humanos das pessoas privadas de liberdade através de um trabalho voltado para sua ressocialização efetiva.



Links relacionados


Compartilhe
Imprimir ou enviar por e-mail

 






Sede: Salvador - Bahia - Brasil / 71 3555-3355 / salvador@avsi.org - Filiais e escritórios: Ceará, Goiás, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e Roraima.